Translate Here 

Fale a um amigo sobre esse site


 



Da mesma forma que a publicidade e a promoção podem ser meios eficientes de comunicar com potenciais clientes, de informar sobre quais os produtos e serviços e convencê los dos respectivos méritos, o marketing deverá ser uma procura constante de oportunidades, que possibilitem à organização maximizar a rentabilidade dos seus ativos.

O que é Marketing?


“... é a actividade humana dirigida para a satisfação das necessidades e desejos, através dos processos de troca”.

(Kotler, 1991, p.31)

“... é o processo de planear e executar a concepção, o preço, a

comunicação e a distribuição de ideias, bens e serviços, para criar

trocas que satisfaçam os objectivos individuais e os organizacionais”.

(American Marketing Association, 1985).


Marketing é a grande variedade de atividades envolvidas em garantir que você está continuando a atender as necessidades de seus clientes e recebendo o valor em troca. Marketing é geralmente focada em um produto ou serviço. Assim, um plano de marketing para um produto pode ser muito diferente do que para outro produto. Incluem atividades de marketing "marketing de entrada", tais como pesquisa de mercado para descobrir, por exemplo, que grupos de clientes em potencial existem, quais são suas necessidades, qual dessas necessidades você pode encontrar, como você deve conhecê-los, etc.

Marketing de entrada também inclui a análise da concorrência, posicionamento de seu produto ou serviço novo (encontrar o seu nicho de mercado), e os preços de seus produtos e serviços. "Marketing de saída" inclui a promoção de um produto através da publicidade continuada, promoções, relações públicas e vendas.

 

Os ativos de marketing de uma organização são compostos, entre outros, por:

  • Imagem de marca
  • Vendas e rede de distribuição
  • Quota de mercado
  • Relações com clientes e fornecedores
  • As pessoas da organização
  • Tecnologia de base

Somente através da utilização eficaz destes e de outros activos de marketing poderá a organização construir uma estratégia e planos de marketing com garantia de sucesso.


 

Quando se fala emativos de uma organização pensa se imediatamente em ativos financeiros e / ou ativos fixos (terrenos, edifícios e equipamentos), no entanto os ativos de marketing são muito importantes para a estabilidade e para o sucesso do negócio a longo prazo.






ÓTICA de VENDAS (concepção tradicional) – o mais importante é vender para continuar a produzir

=> esforço comercial (vendedores, publicidade, promoções) para atingir resultados.


ÓTICA de MARKETING (conceção moderna) –o mais importante é satisfazer as necessidades do mercado e atingir os objectivos da empresa   => identificar necessidades + esforço de marketing (vendedores, promoções, publicidade, análise e estudo de mercado, concepção do produto e escolha dos mercados) para atingir resultados e satisfazer o mercado.


  Tipos de marketing

Marketing de massas – um produto para

todos os compradores.



Marketing diferenciado – dois ou mais

produtos com diferentes: aspectos,

níveis de qualidade, estilos, etc, para

consumidores com gostos diferentes.

Marketing segmentado – produtos e

compostos de marketing adequados aos

segmentos a que se destinam.


O marketing entende o produto como oferta ou seja um veículo capaz de atingir, por um lado, as necessidades dos clientes e, por outro lado, os objetivos da empresa (rentabilidade).

Necessidades e desejos dos clientes.

<<<   Oferta >>>

Objetivos e metas da organização

A oferta é na essência uma promessa de benefícios. Por outras palavras, o cliente é induzido a comprar um produto na expetativa de adquirir um benefício desejado.

Mercado

<<<   Troca  >>>

Organização

O mercado é o local para as potenciais trocas, havendo mercados de necessidades, mercados de produtos, mercados demográficos e mercados geográficos.

(Amaral, Maria do Céu - Marketing, as artes de uma ciência).


    O mercado pode ser:

Actual ou real – volume de vendas efetivo do produto durante um

período de referência.

Potencial – estimativa do volume máximo que as vendas poderiam atingir, num determinado horizonte temporal e de acordo com as hipóteses definidas.


PÚBLICOS  (que constituem um mercado):

  • Clientes Finais  Consumidores, Utilizadores, Utentes
  • Compradores – nem sempre os compradores são os utilizadores.
  • Influenciadores


 4